Cenário Setorial

TERCEIRIZAÇÃO DE FROTAS

A terceirização de frotas apresenta características de um negócio de atacado com a centralização de suas atividades em uma unidade central com a vantagem de conseguir operar com poucas pessoas, até mesmo por causa do alto nível de tecnologia, e ter custos fixos baixos operando junto a uma rede de fornecedores. Este tipo de operação permite escalabilidade e um volume elevado de negócios, que com o uso intensivo de tecnologia, leva a um menor custo fixo.

A terceirização de frotas tem uma base de clientes concentrada (comparada com segmento rent a car), opera basicamente com empresas, não possui brusca variação sazonal de negócios e tipicamente não utiliza o yield management, já que seus contratos têm preços reajustados de acordo com índices fixados em contrato entre terceirizadora de frota e cliente.

Uma característica peculiar do segmento de terceirização de frotas é que este possui característica também acíclica. Em situações econômicas desfavoráveis há uma tendência de as companhias aumentarem a liquidez e terceirizarem suas frotas, de modo a impactar positivamente as empresas que atuam no setor. Adicionalmente, a taxa de utilização no segmento de terceirização de frotas é significativamente mais alta, em torno de 95% contra 70% no rent-a-car, visto que a frota é adquirida de acordo com a demanda do cliente, sendo que o uso do carro é de longo prazo.

FATURAMENTO DO SETOR DE LOCAÇÃO (R$ BILHÕES)

Com um faturamento de R$16,3 bilhões em 2015, o setor de locação de veículos apresentou um crescimento expressivo no período que compreende os anos de 2006 a 2013, e ainda maior em 2014 e 2015, devido à nova metodologia de cálculo da ABLA, o que mostra um setor ainda maior e menos penetrado. A taxa anualizada de crescimento para o período compreendido entre 2006 e 2013 foi de 10,9%. O crescimento de 10,5% no faturamento do setor em 2015 mesmo em um cenário político-econômico adverso no país reforça as perspectivas futuras de crescimento para esta indústria.

O mercado brasileiro de terceirização de frotas possui relevância destacada na indústria de locação de automóveis, sendo responsável por 57% da frota do setor, enquanto locações diárias a turismo (lazer) e locações diárias a turismo (negócios) representam 19% e 24%, respectivamente. De acordo com a nova metodologia utilizada pela ABLA, a frota dedicada ao segmento de terceirização de frotas cresceu 8,4% em 2015, caracterizando a resiliência do setor de locação de veículos. Ainda em termos de número de frota, o setor de terceirização de frotas apresentou crescimento médio anual de 12,5% entre 2006 e 2013. Tal crescimento vem sendo influenciado principalmente pelos seguintes fatores:

PENETRAÇÃO DE MERCADO (2)

% da frota total empresarial

Consolidação do setor. O mercado de aluguel de veículos no Brasil é composto por aproximadamente 7,5 mil empresas, segundo dados da ABLA. Em 2015, os quatro principais players do setor de terceirização de frotas, incluindo a Companhia, detinham aproximadamente 23% do mercado brasileiro, ao passo que no mercado dos Estados Unidos, os três principais players representavam 93% daquele mercado em 2015, conforme dados da US Car Rental Market no ARN Fact Book 2016.

CONCENTRAÇÃO DE MERCADO - BRASIL
CONCENTRAÇÃO DE MERCADO - EUA

Potencial de crescimento do segmento de terceirização de frotas. O segmento de terceirização de frotas apresenta um elevado potencial de crescimento, uma vez que, conforme dados da ABLA, em 31 de dezembro de 2015, havia uma frota terceirizada no Brasil de aproximadamente 477 mil veículos, o que corresponde a cerca de 11% do mercado potencial de terceirização de frotas no Brasil. Comparativamente a esse cenário, o percentual de terceirização do mercado potencial é de 24,5% na França, 37,4% na Espanha, 46,6% no Reino Unido e 58,3% na Holanda, conforme dados da Datamonitor.

Mercado de Seminovos. O mercado de Seminovos no Brasil mostrou-se bastante aquecido nos últimos cinco anos, atingindo um volume de vendas de 10 milhões de veículos leves em 2015, conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - FENABRAVE, número 4,0 vezes maior que o número de emplacamentos de veículos leves no país em 2015. Considerando o referido período de cinco anos em análise, a taxa média composta de crescimento foi de 3,5% ao ano para este mercado. Vale ressaltar que o número de habitantes por carro totalizou 5,9 no Brasil, número esse 4 vezes mais alto que a média de países maduros. O aumento do poder aquisitivo no país contribuíra positivamente para o aumento da penetração de veículos na população.

NÚMERO DE HABITANTES POR CARRO

% da frota total empresarial

Ambiente macroeconômico favorável. O aumento da atividade econômica no Brasil, o aumento da previsibilidade do cenário econômico e a estabilização da taxa de juros são fatores que favorecem o crescimento do setor em que atuamos. Além disso, houve significativo aumento dos investimentos em infraestrutura e construção no país, por meio de programas patrocinados pelo governo brasileiro. A convergência dos fatores mencionados acima contribuiu para a trajetória de crescimento da indústria de locação de automóveis.

INVESTIMENTOS NO BRASIL

notícias

Locamerica

HTML PDF

2017. Todos os direitos reservados.

Fechar